E agora, quem poderá nos defender?

Um dos procedimentos persuasivos na propaganda é a Criação de Inimigos, reais ou imaginários.

A finalidade desse artifício é tornar o produto em um herói, que lutará contra um vilão e solucionará os problemas do consumidor.

Inimigos comuns na propaganda são os insetos, as bactérias, os germes e a sujeira. Nesses casos, o objetivo é mostrar como determinado produto vence os inimigos e protege a família do mal.

Normalmente, esse discurso é dirigido à mulher, no papel de mãe, pois é junto a ela que o produto irá defender seus filhos e marido. Também, porque é a mulher que costuma realizar as compras de casa.

Como exemplo, coloco aqui um filme criado pela Euro RSCG Brasil para o SBP. Os inimigos são os insetos. O slogan diz: “Terrível contra os insetos. Contra os insetos”. Essa repetição reforça que o produto acaba apenas com o inimigo e não agride a família, diferente de outros inseticidas.

Já neste anúncio impresso, o inimigo é a caspa. Stiprox, um shampoo anti-caspa, acabará com ela. O Pacman, que parece ter partido do produto, come pontinhos brancos, que simulam as caspas. O texto diz: “Game over para as caspas”, o que reforça a vitória do herói.

Anúncios

Um pensamento sobre “E agora, quem poderá nos defender?

  1. Sou profissional de saúde e trabalho no controle da dengue. Este anúncio do SBP leva ao engano do consumidor, pois todo inseticida é danoso ao ser humano e animais domésticos. Geralmente são compostos de piretróides e similares. Não mata, mas aspirado pode fazer mal à saúde, trazendo outras consequências graves e se tornar terrível não somente contra os insetos. principalmente a pessoas, sensíveis, alérgicas e a animais delicados, como peixes de aquário, pássaros, e outros, inclusive cães. O comercial não esclarece os perigos do produto.
    Para que o inseticida por jato afete os insetos é necessário que gotículas do inseticida acertem diretamente o inseto. Não é o caso do inseticida colocado indiscriminadamente, cujas gotículas podem cair sobre o corpo dos animais, humanos ou não, aspirados, ou ainda cair sobre utensílios de cozinha e alimentos, causando a possibilidade de perigo.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s