Mulher sem vergonha

Não vou falar de técnicas ou ferramentas de escrita, mas sim da importância de se ter uma visão de futuro para estar a frente do que virá. Vamos discutir sobre o corpo, a mulher, a beleza e a Dove!

Semana passada o assunto “corpo feminino” voltou a ganhar força por causa de uma matéria da Marie Claire sobre o “corpo perfeito” da modelo Izabel Goulart. A internet não perdoou e criticou a revista por chamar o conjunto de ossos de perfeição. A revista teve que se desculpar num update. Continuar lendo

Anúncios

E agora, quem poderá nos defender?

Um dos procedimentos persuasivos na propaganda é a Criação de Inimigos, reais ou imaginários.

A finalidade desse artifício é tornar o produto em um herói, que lutará contra um vilão e solucionará os problemas do consumidor. Continuar lendo

Leia o Post

O filme Experimenta das Lojas Renner utilizou a função de linguagem conativa (ou apelativa) para convidar mulheres a “experimentar” a Renner.

A propaganda, veiculada em julho de 2010, usa forte apelo emocional em seu texto publicitário, bastante apropriado na comunicação para o público feminino. Continuar lendo